5 dicas para diminuires a ansiedade

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

A ansiedade tem uma função na nossa vida: proteger-nos dos perigos e alertar-nos sobre possíveis ameaças.
Por esse motivo, o problema não está na ansiedade mas sim no seu excesso.

Há muitas pessoas que, ao perceberem que sentem ansiedade, a tentam eliminar a todo o custo. Porém, é frequente essa tentativa ter o efeito contrário, e levar a que a pessoa se sinta ainda mais ansiosa.

Lembra-te: não é possível não sentir ansiedade absolutamente nenhuma.
O objetivo não é, então, eliminar a ansiedade, mas sim diminuir o seu volume, tal como diminuimos o volume da televisão ou da rádio. Ouvir televisão ou rádio não é mau, mas quando está num volume exageradamente alto torna-se perturbador. E assim é também a ansiedade.

Para isso, há que aprender a ver a ansiedade de uma nova perspetiva e adquirir estratégias para lidarmos com ela diariamente.

Assim sendo, dou-te 5 estratégias que poderão ajudar-te a lidar com a ansiedade:

  • 1 – EXTERNALIZA A ANSIEDADE:
    Externalizar a ansiedade significa considerares que ela é algo externo a ti. Ou seja, vez de pensares “Eu sou ansiosa”, vais incutindo outra forma de pensar que é: “Estou neste momento a ser visitada pela ansiedade”. Se quiseres, podes mesmo dar um nome à ansiedade (“a chata”, “a preocupada”, “a alarmista”, o que quiseres).
    À medida que praticas esta linguagem de externalização, vais compreendendo que tu não és o problema, vais dissociando-te e vendo a ansiedade pelo que ela é: uma visita temporária.
  • 2 – RESPIRAÇÃO CONSCIENTE:
    Podes fazê-lo nos momentos em que sentes maior ansiedade, mas também podes tornar um hábito diário dedicares alguns momentos a respirares de forma consciente.
    Arranja um sítio onde te possas sentar ou deitar confortavelmente e manter a coluna direita. Fecha os olhos e começa a focar-te na tua respiração. Não contes as respirações nem tentes modificar o ritmo a que respiras. Respira normalmente e limita-te a observar e a sentir o ar a entrar e a sair do teu corpo durante algum tempo.
    Se te distraíres não faz mal, volta a focar gentilmente a tua atenção na tua respiração.
    No início pode parecer estranho, mas verás os seus benefícios com a prática.
  • 3 – CAMINHAR:
    O exercício físico regular é muito importante para equilibrarmos o nosso nível de ansiedade! E caminhar na Natureza, por exemplo, tem a vantagem de não só exercitarmos o nosso corpo, como também de nos ligarmos às nossas sensações. Assim, à medida que caminhas podes sentir o cheiro das flores ou da relva, contemplar as árvores, sentir os pés a tocar no solo, tocar na terra… e simplesmente sentir.
    Tudo o que te exercita e te liga às sensações ajuda-te a lidar com a ansiedade.
  • 4 – ATIVIDADES PRAZEROSAS:
    Que coisas simples gostas mesmo de fazer? Ouvir música, estar com os teus animais, falar com os teus amigos, ouvir um podcast, dançar, ler um pouco, estar no silêncio… Inclui um pouco mais dessas atividades no teu dia-a-dia, mesmo que sejam apenas 5 minutos.
    Quanto mais prazer tiveres, menor será a ansiedade.
  • 5 – CUIDA DA TUA ROTINA NOTURNA E MATINAL:
    O que fazemos antes de ir dormir, e o que fazemos ao acordar, influencia muito a forma como nos sentimos ao longo do dia.
    Por isso, revê as tuas rotinas noturna e matinal!
    – Antes de dormir, garante que o ambiente em que estáas é calmo e tranquilo (deixa as tecnologias de lado);
    – Não cultives a preocupação antes de ir dormir (não fales ou penses demasiado sobre assuntos negativos);
    – Dorme as horas suficientes;
    – Acorda mais cedo do que o habitual e dedica os primeiros 15 minutos só a ti. Espreguiça-te com calma, olha-te no espelho e diz algo bonito a ti mesma, abraça-te e diz-te que estás aqui para ti! Podes ainda praticar a respiração consciente durante alguns momentos.
    Procura ainda garantir que de manhã tens tempo suficiente para te preparares e ires para o trabalho com calma e não à pressa!

Estas sugestões fazem sentido para ti?

Partilha com alguém que possa beneficiar delas também!

Até à próxima publicação,

Sílvia Xará

Imagem: Business photo created by yanalya – www.freepik.com

Deixa o teu comentário

Sobre Mim

O meu nome é Sílvia Xará. Após trabalhar com diferentes tipos de público e contextos, enquanto psicóloga clínica, e de frequentar várias formações na área do desenvolvimento pessoal, foi nas feridas da minha própria história que descobri a minha paixão e missão de vida.

O meu propósito é, assim, ajudar mulheres a (re)descobrirem o seu amor próprio, a cuidarem das suas emoções e a conectarem-se com o seu Feminino.

Posts mais recentes

Segue-me no Facebook

Os meus serviços